Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

‘Só quero retomar minha carreira’, diz ex-vocalista de Thaeme & Thiago

Compartilhe:
imgres

Após ter ficado quatro dias preso por dever cerca de R$ 500 mil de pensão alimentícia para a filha, o cantor José Lázaro Servo, conhecido como Thiago, diz que agora pretende retomar a carreira. O artista contou, em entrevista ao G1, que estava evitando fazer shows e divulgações do DVD desde que o mandado de prisão foi expedido no início deste ano.

Thiago foi preso no último sábado (10) enquanto se preparava para se apresentar em uma casa de shows em Jacareí, no interior de São Paulo. Ele foi solto na noite desta terça-feira (13) após quitar parte da dívida – o valor pago não foi informado. O caso tramita em segredo de Justiça.

O sertanejo contou que não consegue ter contato com a filha de três anos e meio. Ele namorou a mãe da criança por quatro meses e ela engravidou. “Eu até entendo o lado dela, quando a criança estava próxima de nascer, eu me apaixonei por outra pessoa. Ela deve ter sofrido. Depois disso, desde o nascimento senti dificuldade em ter contato com minha filha”, contou Thiago ao G1.

Ele admitiu também que no começo, logo que a criança nasceu, “foi bem relaxado” e distante da criança. “Foi o ano em que eu já estava saindo da dupla com a Thaeme, tive problemas com o relacionamento que eu tinha no momento e meu pai faleceu. Ali já estava sentindo dificuldade financeira e eu já não estava conseguindo pagar a pensão. Paguei um pouco no início só”, contou.

Thiago Servo é preso em Jacareí por não pagar pensão alimentícia (Foto: Divulgação/Thiago Servo)Thiago Servo foi preso em Jacareí por não pagar
pensão alimentícia (Foto: Divulgação/Thiago Servo)

Sobre o valor ser considerado elevado, ele contou que quando a mãe da criança pediu a pensão, foi marcada uma audiência, mas ele não compareceu e o valor que a mãe propôs, de R$ 14 mil, foi acatado.  Atualmente, o valor é de R$ 18 mil após os reajustes.

Ele não paga há três anos, mas afirma que tenta negociar um valor que consiga pagar com a ex-namorada, mas que não obteve acordo.

“Passei por muito constrangimento. Até deixei o programa de televisão [reality show] que eu estava participando com medo de ser preso. Quando eu entrei no reality, tentei acordo com a minha ex e achei que tinha dado certo. Consegui R$ 120 mil e tinha negociado com o advogado dela para quitar a pensão, mas ela trocou de advogado e decidiu pedir mais de R$ 300 mil. Acabou que não deu certo e eu pedi para sair do programa com medo de ser preso”, contou.

O artista contou que o mandado de prisão foi expedido em fevereiro e que ao mesmo tempo gravou o primeiro DVD da carreira. Ele considera que foi prejudicado por não fazer shows, nem divulgação do trabalho com receio de ser capturado.

Retomada
Agora que está liberdade novamente, após os advogados pedirem a soltura dele após a família, amigos e fãs arrecadarem parte do valor da pensão, ele quer voltar atenção para a carreira.

“Agora que não estão mais me procurando, pretendo voltar definitivamente para a minha carreira. Voltar a fazer shows, quero divulgar meu DVD. Retomar minha vida”, contou.

O advogado do cantor, Cezar Madsouk, disse também que o cantor vai pedir guarda compartilhada para que Thiago tenha contato com a filha. Uma audiência para revisão do valor também está marcada para o próximo ano.

O advogado da mãe da criança foi procurado nesta quarta-feira (14) pela reportagem, mas não não retornou para comentar a entrevista do cantor até a publicação desta reportagem. Na última terça-feira, o advogado, que preferiu não ter o nome divulgado na imprensa, disse que o Thiago não procura a criança.

Delegacia Jacareí (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)Delegacia Jacareí, onde Thiago ficou preso na
carceragem (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)

Prisão
O cantor também reclamou da situação que diz considerar ‘precária’ da cadeia de Jacareí. Segundo ele, no primeiro dia dividiu cela com 7 presos, mas no dia que foi solto, estava dividindo com 14.

“Nós tínhamos que beber água da torneira. No mais, foi tranquilo, me trataram bem, mas as condições são realmente ruins”, relatou. Todos os presos que dividiam cela com o sertanejo estavam detidos por falta de pagamento de pensão.

Sobre o dia da prisão, ele contou que estava aquecendo a voz no carro, quando foi abordado pelos policiais e acabou preso.

O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública (SSP), às 16h30 desta quarta (14), para comentar as declarações do cantor sobre a carceragem do 1º DP de Jacareí e aguardava o retorno até a publicação desta reportagem.

Dívida
Thiago Sevo também relatou ao G1 que é agenciado pelo cantor Sorocaba, da dupla sertaneja Fernando & Sorocaba. No entanto, diz que a empresa de Sorocaba deve para ele valores referentes a pagamento de direitos autorais – o valor não foi informado por Thiago. Ele disse que o dinheiro seria utilizada para ajudar a quitar a dívida de pensão.

“Eu tinha que receber pela execução das minhas músicas, eles me deram uma parte e outra parte me deram em cheque. Ao mesmo tempo, pedi uma revisão de contas de todo o meu trabalho prestado, no mesmo dia o cheque foi sustado. Eu depositei e ele foi protestado”, contou o cantor, que disse ainda que pretende entrar na Justiça, caso o problema não seja resolvido.

O cantor é autor de músicas interpretadas por cantores conhecidos, como a música ‘Nega e Te Vivo’ e ‘Cantada’ interpretadas por Luan Santana; ‘Na hora da raiva’, interpretada por Henrique e Juliano e ‘Aí que dó’, cantada até hoje por Thaeme e Thiago. Arualmente Thaeme faz parceria com o cantor Guilherme Bertoldo, que também usa o nome artístico de Thiago.

A assessoria do cantor Sorocaba foi procurada às 15h, por email e telefone,  para comentar o assunto, mas não retornou até a publicação da reportagem.

Fonte :globo.com

Deixe seu comentário:

Menu

Ouvintes Online


Redes sociais

Curta no Facebook