(38) 9 9135-6980

NO AR

Monte Azul Fm 104,9 A Primeira

www.monteazulfm.com.br

Brasil

Oficial de justiça é preso durante a Operação Negócio fechado no Norte de Minas

Publicada em 28/11/18 as 07:42h por Monte Azul FM 104,9 - 90 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Monte Azul FM 104,9)
O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Porteirinha e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organização (Gaeco) Montes Claros, deflagraram na manhã de hoje, 27 de novembro de 2018, a operação Negócio Fechado para apurar fraudes no cumprimento de mandados judiciais em Porteirinha, no Norte de Minas.
Na ação, ocorrida no município, um oficial de Justiça foi preso e encaminhado ao presídio de Montes Claros, acusado de corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Houve ainda, durante a operação, o cumprimento de sete mandados de busca e preensão, e nove testemunhas foram ouvidas.

Segundo as investigações, para retardar o cumprimento de mandados de reintegração de posse, de busca e apreensão e de penhora e avaliação, o oficial de Justiça da comarca de Porteirinha, em razão do exercício do cargo público, solicitava e recebia propinas das partes envolvidas nos processos judiciais.

Ele agiria sempre do mesmo modo. Primeiro, procurando interessados e solicitando dinheiro em espécie para atender os interesses deles. Depois, deixando de localizar veículos que deveriam ser apreendidos, pressionando ocupantes de áreas invadidas que seriam reintegradas ou subavaliando bens imóveis a serem penhorados.

Conforme a apuração, as práticas do oficial de Justiça eram conhecidas na cidade. Inclusive, alguns interessados o procuravam diretamente para fechar os acordos. E caso suspeitasse que não receberia pela negociata, ele os pressionava, aceitando, inclusive, o pagamento em terra, que seriam registradas em nome de laranjas.

Para a apuração do caso, foram realizadas interceptações telefônicas, ouvidas testemunhas e realizadas campanas, o que teria comprovado as propinas. Na residência do oficial de Justiça, foram encontrados documentos, recibos e valores que indicariam as negociações, além de armas de fogo sem registro.

Foram apreendidas cinco armas e munições — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Fonte:aconteceunovale.com.br



Enquete
Qual horário você mais ouve a Monte Azul Fm 104.9?

 Manhã
 Tarde
 Noite







.

LIGUE E PARTICIPE

(38) 9 9135-6980

Visitas: 18912
Usuários Online: 4
Copyright (c) 2018 - Monte Azul FM 104,9