(38) 9 9135-6980

NO AR

Intensidade Máxima

Com Adenilson Alves

Brasil

FETO DE SETE MESES É ENCONTRADO DENTRO DE VASO SANITÁRIO DO HOSPITAL REGIONAL DE JANAÚBA

Publicada em 13/08/19 as 17:57h por Monte Azul FM 104,9 - 29 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Monte Azul FM 104,9)
A Polícia Civil de Minas Gerais, através do 11º Departamento e por meio 3ª Delegacia Regional de Janaúba, prende parturiente que teve criança dentro de vaso sanitário de hospital em Janaúba/MG.
Na tarde dessa segunda feira (12/08), aportou nesta Delegacia Regional a informação de encontro de um bebê neonato sem vida, no banheiro do Hospital Regional. Policiais Civis deslocaram para o local a fim de esclarecer os fatos. 
Em primeiro momento, a mãe do bebê alegou que sentia fortes dores abdominais, motivo pelo qual teria procurado o hospital. Disse ainda que estava no 2º mês de gravidez e, por causa do aumento da dor teria tido um sangramento, porém não viu o bebê nascendo, quando foi ao banheiro.
Os levantamentos preliminares realizados pelos policiais civis indicavam que a mulher contradizia a verdade. Então o objetivo das investigações era esclarecer as circunstâncias que ocorreu o fato, a motivação e se a autora teve ou não intenção, considerando que a intenção envolve atividades mentais, como planejamento e premeditação, no cometimento do crime. 
Circunstâncias: Na realidade a mulher estava no 7º mês de gestação e entrou em trabalho de parto, ocasionando as dores que sentia. A autora foi até o banheiro, usou o vaso sanitário, teve sangramento, concebeu o bebê dentro do vaso sanitário e voltou à sala de espera. Fato confirmado pela Polícia Civil através exames médicos realizados e provas testemunhais colhidas no local.
Motivação: A autora escondeu a gestação da família. Como era uma gravidez indesejada por ela, não queria a criança, então, praticou o ato. Fato comprovado pelos levantamentos realizados pela Polícia Civil sobre o cotidiano da autora, antes da prática do crime. Inclusive, não há registro de pré-natal que a autora tenha realizado para cuidados necessários com a gravidez.
Dolo: Quando foi ao banheiro a autora entrou em trabalho de parto e o bebê caiu dentro do vaso sanitário. Mesmo olhando para o bebê, na posição de cabeça para baixo, submersa na água da louça sanitária, se mexendo, não tentou socorrer o filho. Nem tampouco solicitou ajuda para alguém no hospital, que certamente, se acionado, poderia ter feito. O que definiu um agravante para o homicídio pelo ato cruel demonstrado. Fato comprovado pela própria autora durante depoimento tomado pelo Delegado de Polícia.
Diante dos fatos, B. E. M. S de 20 anos recebeu voz de prisão em flagrante delito pela equipe da Polícia Civil. 
A tipificação do crime será definida após os exames periciais, os quais esclarecerão se houve homicídio, infanticídio ou aborto. 
Além destes levantamentos, os trabalhos periciais a serem realizados encerrarão as investigações e, para tanto foram solicitados EXAMES:
De micro comparação de DNA;
Laboratoriais para verificar se houve ingestão de algum medicamento abortivo;
Metal para verificar se a autora estava sob influência do estado puerperal;
No pulmão da criança visando confirmar que a mesma veio a óbito por afogamento.

As investigações e conclusão do fato foram realizadas pela Polícia Civil em menos de 24 horas da ocorrência do fato, isso demonstra a dedicação, eficiência e resposta dispensadas aos problemas enfrentados pela sociedade.
Fonte: 11º Departamento e por meio 3ª Delegacia Regional de Janaúba



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
Enquete
Qual horário você mais ouve a Monte Azul Fm 104.9?

 Manhã
 Tarde
 Noite







.

LIGUE E PARTICIPE

(38) 9 9135-6980

Visitas: 33704
Usuários Online: 8
Copyright (c) 2019 - Monte Azul FM 104,9